(51) 30194545 .(51) 3226-2225

          (51) 30192225     

 (51) 999816995

 

 

          (51) 30194545 .(51) 3226-2225

          (51) 30192225     

 (51) 999816995

 

 

Artigos

COMO RETER PROFISSIONAIS DE TALENTO

Diferente do que acontecia anteriormente, os profissionais de hoje não almejam sua permanência nas empresas durante longos anos. Os colaboradores mais qualificados tendem a buscar oportunidades e enfrentar novos desafios. As empresas muitas vezes aumentam os salários para profissionais como se esse fosse o único fator decisivo e esquecem que a cultura organizacional e as relações de trabalho são parte importante da estratégia para retenção de talentos. 

A TRANSPARÊNCIA COMO FORMA DE MELHORAR O RELACIONAMENTO

Em primeiro lugar deve haver transparência. É preciso ser verdadeiro e deixar de utilizar meias palavras durante a comunicação. É indispensável que o gestor deixe claro de que forma a organização espera que o colaborador lide com as situações de rotina e quais possibilidades e expectativas o colaborador pode nutrir dentro da empresa. Da mesma forma o colaborador deve ser estimulado a se comunicar verdadeira e abertamente, sem riscos de represálias.

Pense: você como gestor diria a seus colaboradores que está disposto e receptivo a ouvi-los, mesmo que tenham contrariedades em relação a suas atitudes? Você abriria sua agenda para receber qualquer funcionário sem risco de puni-lo se não gostar do que escutou?

O ENVOLVIMENTO MELHORA O CLIMA ORGANIZACIONAL

Olhe ao redor, em seu ambiente de trabalho. Você realmente conhece as pessoas com quem trabalha? Se você pensar bem, a resposta será não. Se você é colaborador pense nisso no dia a dia e tente se interessar mais pelos colegas de trabalho. Isso fará bem a eles, a você e à organização como um todo. Se você é gestor é importante aprimorar sua postura de interesse e envolvimento. O modelo de produção fria e em série não irá gerar bons resultados, pois as pessoas buscam realização e bem estar e só a encontrarão em locais nos quais se sintam realmente importantes.

O RESPEITO É INEGOCIÁVEL

É comum que as pessoas se valham de sua posição hierárquica superior para expor seu ponto de vista sem se preocupar com a forma, o que pode gerar mágoas e descontentamentos. Se um gestor for grosseiro ou ameaçador, ainda que tenha havido algum erro por parte do subordinado, poderá gerar ressentimento e distanciamento. O melhor caminho para expressarmos nosso desconforto é através da palavra, mas poucos têm capacidade para interlocução.

O ELOGIO COMO FORMA DE RECONHECIMENTO

Como somos contratados para acertar, para cumprir com nossas obrigações, geralmente nossos êxitos não são valorizados. Quantas vezes você reclamou de alguém nos últimos dias? Várias, provavelmente. E quantas vezes, recentemente, elogiou alguém? Aposto que poucas vezes ou nenhuma. Esse é o padrão. Reclamamos muito e reconhecemos pouco. Faz parte da vida competitiva e produtiva em que todos temos pouco interesse e pouco tempo para conversar. Precisamos, no entanto, parar olhar em volta e saber elogiar.

O DINHEIRO NÃO É O PRINCIPAL

Perceba que até agora não mencionei dinheiro. O incentivo financeiro é a resposta mais automática e simples que pode surgir quando realizamos essa reflexão. É claro que isso é importante, que isso conta. Se a disputa por um profissional se limitar à questão pecuniária é obvio que prevalecerá o mais capitalizado. É possível, contudo, oferecer benefícios menos óbvios e equilibrar a situação com outros incentivos.

Todos querem maiores salários e melhores condições financeiras, mas se sentir reconhecido acolhido e com perspectivas de crescimento pessoal e profissional são vantagens que dinheiro algum pode comprar.


Nelio Tombini

Psiquiatra, psicoterapeuta e palestrante

 

Envie seu comentário

Envie seu comentário e contribua com este artigo.

Voltar